quinta-feira, 16 de abril de 2015

NOTA PÚBLICA DE ESCLARECIMENTO E INDIGNAÇÃO

Oi!

Desde já, peço desculpas aos leitores pelo texto exageradamente longo. Mas talvez, o assunto em pauta mereça tal dedicação. Tanto minha ao escrever, quando sua ao ler.

Ontem, 15 de abril de 2015, minha irmã, Daniella, trabalhou normalmente na Scrap Spot. Quem a conhece, sabe que ela atende a todos com carinho e dedicação.

Mas talvez, mesmo quem nos conhece, não sabe sua história de luta contra o câncer.

Dan teve, há quase 3 anos, um melanoma cruel. Reconhecemos um milagre de Deus tanto por ela estar viva, quanto com seus braços no lugar. Artista plástica que é, como seria viver sem o braço direito?

Sei que Deus supriria, assim como supre, nossas necessidades diárias. Mas é motivo de muita alegria e gratidão dizer que ela está bem.

No entanto, a doença é avassaladora. Se não leva a vida, deixa nela marcas para sempre no corpo e alma.

Dan tem o braço todo marcado, cicatrizes enormes (as melhores que os cirurgiões puderam deixar). Mas que são grandes exatamente para suportar a transformação que seu corpo teve que sofrer para estar aqui.

O câncer chegou ao osso. Foi preciso retirar literalmente, a grande porção de seu braço que carregava a doença. E para não deixar o buraco, foram feitos transplantes de pedaços de suas costas na região do braço.

Tudo isso para dizer que... sim. Seu braço é diferente. Pode até chamar a sua atenção quando a vê.

...

Ontem, uma cliente e sua filha (de uns 12 anos talvez) foram atendidas pela Dan.
A Dan de sempre, prestativa, competente, que sabe o que está falando e não reserva segredos.

Num esforço que ninguém faz conta, Dan estendeu seu braço para pegar algo que a cliente queria ver e estava na prateleira do alto.

Bem... isso em si já é muito legal, porque ela recuperou muito os movimentos de um braço "perdido".

Mas a pré-adolescente, talvez num ato de desinformação, falta de educação e preconceito, ao ver as cicatrizes da Dan, recuou defendendo-se com os braços no peito e exclamou "Que nojo! Que aflição!".

A mãe... nada disse.

A Dan... nada disse. Recolheu-se sem ação por não ter, até então, enfrentado tamanho desrespeito.
Mas à noite, ao chegar em casa, derramou mais uma tonelada de lágrimas. Além de todas as que a doença e todo esse processo já levaram.

Ok. O braço chama a atenção. Somos humanos, tendemos a estranhar aquilo que não nos é familiar.
E também ok que representamos uma loja e devemos atender bem aos clientes.

Mas NÃO ok agir dessa forma. NÃO ok uma mãe nada dizer para ensinar à sua filha, no mínimo, a dar o respeito que TODO MUNDO MERECE.

Assim, fica aqui registrado que, caso sejam identificadas e retornem à loja, nos reservaremos o direito de não atendê-las. Pela ofensa, pela discriminação e pela falta de educação. Para não continuar com a lista de adjetivos que ações preconceituosas como essas merecem.

Se você concorda, nos ajude a divulgar e compartilhe essa nota.
Se você não concorda, tudo bem. E só.

E se quem agiu dessa maneira chegar a ler essa mensagem, no mínimo você pode pedir desculpas. E ponderar melhor suas palavras. Ditas e não ditas.

Um abraço,
Sim... um abraço. Meu e da Dan. Com nossos braços como são. Porque a gente pode abraçar com o braço e com o coração. E este é mais importante.

Cin

Também carrego minha marca do câncer.
Em homenagem à Dan e a todos que passam por ele.
Com amor

3 comentários:

Valdineia Anselmo disse...

POIS É HOJE EM DIA, AS PESSOAS NÃO TEM MAIS RESPEITO, AMOR PARA COM O PRÓXIMO, AS CRIANÇAS DE HOJE NÃO TEM EDUCAÇÃO ALGUMA, INFELIZMENTE VIVEMOS NUM PAÍS, QUE O ERRADO PASSOU A SER CERTO E O CERTO PASSOU A SER ERRADO!! O QUE EU PODERIA DIZER É QUE PESSOAS ASSIM SÃO DIGNAS DE PENA, PORQUE NÃO ENTENDEM, E SIMPLESMENTE NÃO SABEM A MAGNITUDE DE QUEM PASSA POR ISSO, NÃO ME PREOCUPO PELO JULGAMENTO DAS PESSOAS, MAS TENHO SEMPRE MEU CORAÇÃO E MEUS OLHOS VOLTADOS PARA O SENHOR, QUE É E SEMPRE SERÁ MEU ÚNICO ESPELHO, DE AMOR, CARIDADE....DAN VC É LINDA, MESMO ASSIM, E NUNCA DEIXEM DIZER AO CONTRARIO, VC JÁ É UMA VITORIOSA, E NADA QUE DIGAM OU PENSEM VAI MUDAR ISSO, SINTA- SE AGRACIADA POR DEUS, VC JÁ É MAIS QUE VENCEDORA, E DEVE SEMPRE SE ALEGRAR COM ISSO, TODOS OS DIAS DA SUA VIDA!! UM BEIJO GRANDE!!! SORRIA SEMPRE, DIANTE DAQUELE QUE NÃO COMPREENDEM O GRANDE AMOR DE DEUS POR NOS, QUE JÁ PASSAMOS POR ISSO!!!

Aline B. disse...

Gurias, não conheço nenhuma de vocês pessoalmente, mas acompanho o blog e a comunidade do Face... Sei que não faço nem ideia do que vocês já passaram com a doença, pois, graças a Deus, nunca passe por situação semelhante. Mas sei, sim, que pessoas como estas não merecem uma gota de lágrima de vocês! É incrível como as pessoas conseguem ser cruéis a tal ponto! Bola frente gurias, apenas levem deste episódio a certeza de que vocês são muito mais evoluídas (socialmente, espiritualmente, comunitariamente, etc.) do que elas e estão contribuindo para que nosso mundo seja um mundo de respeito e dignidade a cada dia!

Priscila Karen disse...

Que absurdo, as pessoas estão ficando mais insensíveis, sem educação e não possuem mais amor ao próximo. Existe lei do universo tudo o que fazemos volta para nós, pode ter certeza se esta adolescente crescer desdenhando as pessoas assim, ela vai receber tudo o que planta, famosa lei do retorno. Eu lendo o post antes de ver a foto, pensei que era uma cicatriz impressionante, nem é...são marcas da vida, de uma luta, de uma vencedora, todos nós temos marcas, nossas estriais, cicatrizes, por cair e por aí vai. Realmente nem fique triste, não é motivo para a pessoa ter se impressionado tanto. Pode ter certeza que a maioria das pessoas nem se preocupam com isso e nem observam. Um beijo para ambas, e bola p frente. E não se esquece a boca fala do que o coração está cheio, se a guria ofendeu, pode ter certeza que ela é assim amargurada.